Redes Sociais para Escritórios de Advocacia

Marketing JurídicoPara AdvogadosPara Escritórios
Por 15 de abril de 2019 Sem Comentários

Não se vê muitas contas de escritórios de advocacia nas redes sociais… Isso se dá porque muitos advogados têm receio de infringir as limitações publicitárias do Código de Ética da OAB, que torna cada vez mais complicada a atuação de advogados em canais como Facebook, Instagram e LinkedIn. Mas existem algumas maneiras de manter as redes sociais para escritórios de advocacia e usufruir das oportunidades que surgem no mundo virtual sem infringir as diretrizes da Ordem.

Como Usufruir das Redes Sociais para Escritórios de Advocacia

Temos uma boa notícia para te dar: as estratégias de marketing em redes sociais para escritórios de advocacia que vamos mostrar nesse post não são proibidas na esfera jurídica.

Redes sociais para Escritórios de AdvocaciaPosts Informativos

Como diz o Código de Ética da OAB, a publicidade informativa é permitida, ou seja, as redes sociais para escritórios de advocacia podem explorar um campo muito promissor, que consiste em divulgar conhecimento através do marketing de conteúdo. Marketing de conteúdo é uma estratégia para engajar seu público-alvo e aumentar a sua rede de clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso. Uma boa forma de fazer isso é divulgando significados e termos jurídicos através das redes sociais, pois o campo jurídico é amplo e confuso para alguns.

Posts que direcionam para o site

Normalmente, por conta das dúvidas sobre redes sociais para escritórios de advocacia, os advogados optam por criar sites para seus escritórios, como uma forma de falar sobre seus serviços e criar um portal de contato com clientes. Dentro do seu site, uma ótima maneira de receber visitas e visualizações é criando um blog, onde você pode especificar os tipos de serviços que atende, postar artigos e materiais jurídicos. Caso você já tenha um blog, uma boa maneira de utilizar as redes sociais é como uma ponte para o seu blog. Poste sobre aqueles conteúdos que você já escreveu e instigue os seus seguidores a acessarem!

Posts com espaço para debater

O mundo da internet tem um forte lado de discussão, portanto, usufrua desse quesito nas redes sociais para escritórios de advocacia! Procure postar sobre notícias do mundo jurídico que as pessoas possam dar opiniões, trocar ideias através da sua postagem. Fale sobre notícias políticas, projetos de leis e casos públicos, mas não dê a sua opinião! Deixe que os seus seguidores participem com as deles. Dessa maneira, você não irá se indispor com nenhum dos lados da discussão.

Posts com dicas

As redes sociais para escritórios de advocacia podem se tornar um canal útil para os seguidores, portanto tente fornecer dicas que marcarão o dia do seu seguidor. Faça com que o seu post seja aquele que os seus seguidores recomendam para os amigos, marcam mais pessoas para ler e comentam com os outros. Um bom exemplo para fazer isso acontecer é divulgar cursos, dicas, concursos e materiais que essas pessoas poderão usar para suas vidas.


Leia também:


Não se esqueça: quando você for criar as suas redes sociais para escritórios de advocacia, explore o potencial de cada uma delas! Pesquise qual o nível de atingimento médio de cada rede, qual o público-alvo de cada uma, qual o principal objetivo da rede e como as pessoas dentro dela se comportam. Com esses dados, você será capaz de criar o conteúdo certo para atingir o público certo, tendo assim, maiores chances de obter potenciais clientes.

Marina Moll

Marina Moll

Bacharel em Design Visual pela ESPM em formação. Integra atualmente o nosso time de Marketing e é uma das responsáveis pela comunicação da DOC9 com a nossa Rede de Clientes. Responsável pela Social Mídia da DOC9 bem como pela criação de materiais institucionais e de materiais educativos para os nossos clientes. Trabalha diretamente com projetos de Endomarketing visando proporcionar uma maior conexão entre os colaboradores e a empresa, criando juntamente ao nosso setor de Gestão de Pessoas campanhas inesquecíveis.

Deixar um Comentário