Inteligência artificial na advocacia

Tecnologia Jurídica
Por 14 de fevereiro de 2019 Sem Comentários

Com a tecnologia avançando, as inteligências artificiais já são uma realidade em muitas áreas do mercado, e, querendo ou não, elas vieram para ficar. Diversas empresas, sejam elas grandes ou pequenas, estão utilizando de inteligências artificiais para facilitar seus negócios e tornar o trabalho mais prático, eficaz e produtivo. Apesar de muitos pensarem que essa tecnologia é inviável no mundo do direito, existem provas que a inteligência artificial na advocacia já está nos acompanhando, e está prestes a fazer um boom no mundo de muita gente.

Inteligência Artificial na Advocacia

Calma, não é como se inteligências artificiais fossem substituir advogados ou coisa parecida, e nem como se a skynet fosse dominar o mundo. Isso tudo está vindo para auxiliar os profissionais, trazendo uma fonte de informação rápida e confiável. A prática de usar inteligência artificial na advocacia começou a pouco tempo nos EUA, quando a IBM trouxe o ROSS, que serve, basicamente, como uma ferramenta de busca e compilação de dados.

inteligência artificial na advocacia advogado correspondente jurídico doc9O ROSS começou a ser utilizado por um dos maiores escritórios dos EUA, Baker & Hostetler, contando com mais de 940 advogados. A inteligência artificial é programada para entender a linguagem humana, então não se prende apenas em palavras-chave para realizar suas tarefas, sendo possível falar com ele como se fosse outro humano, assim interpreta o que você disse e faz um compilado de fatos relevantes, como leis ou provas por exemplo, o mais impressionante é que tudo que ele pesquisa é baseado em fatos e evidências com citações e análises. O advogado que utilizar dessa inteligência artificial pode também questionar o que ele lhe entregou, fazendo ROSS refletir sobre o que entregou.


Leia também:


ROSS é uma ferramenta que está causando grande impacto e trazendo uma agilidade nunca vista antes. Ele utiliza uma tecnologia de processamento – também criada pela IBM – chamada WATSON que também é muito utilizada em chatbots. Os chatbots já são bem mais comuns que uma tecnologia igual ao ROSS, onde também é utilizada a inteligência artificial, o que acaba sendo um exemplo bem mais comum para todos nós.

inteligência artificial na advocacia advogado correspondente jurídico doc9Aqui no Brasil já temos o ELI, que também é um robô advogado com uma proposta parecida com a do ROSS, criado por uma start up chamada Tikal Tech. O ELI também é uma inteligência artificial de auxílio, com o objetivo de compilar dados e acompanhar vários processos ao mesmo tempo. Sendo a prova de que cada vez mais veremos inteligências artificiais em nossas vidas, sendo também um dos ramos tecnológicos com maior potencial de crescimento.

José Eduardo Oliveira

José Eduardo Oliveira

Bacharel em Produção Multimídia pelo Senac-RS em formação. Integra atualmente o nosso time de Marketing e é um dos responsáveis pela comunicação com a nossa Rede de Advogados Correspondentes. Trabalha com projetos de desenvolvimento da nossa Rede de Correspondentes, buscando soluções, melhorias e conteúdos que impactem a vida dos Advogados de uma forma positiva. Busca mesclar dicas de produtividade com a rotina corrida dos correspondentes jurídicos, para, então, criar processos e melhorias no fluxo de comunicação da nossa rede de profissionais.

Deixar um Comentário