Comprar um Kindle é um bom investimento?

Curiosidades
Por 7 de fevereiro de 2019 Um Comentário

Com o passar dos anos a tecnologia foi tomando conta de diversos meios, crescendo exponencialmente, e isso não foi diferente com os livros. Não é como se a tecnologia estivesse começando a substituir os livros, mas sim trazendo diversas outras alternativas de leitura. Uma delas são os e-readers (leitores eletrônicos), e entre os mais famosos está o Kindle. O Kindle é um e-reader da Amazon, que acabou dominando o mercado pela qualidade e eficiência superior, mas a questão é: O Kindle é um bom investimento?

O Kindle é um bom investimento?

De fato esse é um dos principais questionamentos envolvendo todos que pensam em comprar um Kindle. Apesar de muitas pessoas preferirem livros físicos, tendo uma sensação mais agradável ao ler, os e-readers possuem um grande espaço na mão de leitores, trazendo uma série de vantagens que fazem realmente tornar o aparelho tão atrativo e convencendo-os de que o Kindle é um bom investimento.

Apesar da resistência existente, muitas pessoas acabam lendo mais após comprar um Kindle. Então antes de tudo você precisa analisar se é um leitor assíduo ou vai comprar o aparelho e deixa-lo de lado, se for a segunda opção, talvez o kindle não seja um bom investimento para você. Mas caso você leia com uma frequência mediana ou alta, é provável que seja um bom investimento.

kindle é um bom investimento advogado correspondente jurídico doc9

Por que o Kindle é um bom investimento?

  • A maior vantagem do Kindle é o espaço físico que você economiza, além de ser extremamente leve a memória é de alta capacidade. Pense como isso é bom para um estudante de direito que precisa estar sempre com diversos livros ou aquele advogado que quase nunca consegue parar e quando consegue é para ler algo de seu interesse. Não é muito agradável carregar diversos livros devido ao peso e além disso sua estante não fica bagunçada;
  • Os preços de livros digitais geralmente são bem mais baixos. Toda vez que um livro impresso é vendido, uma boa parte do preço é da gráfica que imprimiu, como o livros digitais não precisam ser impressos esse valor é reduzido e acaba fazendo grande diferença pra quem compra;
  • Sua tela é perfeita para simular uma folha de papel, então não é agressivo para seus olhos, diferente de smartphones, tablets e computadores que possuem a iluminação bem mais forte;
  • Não há como danificar o livro digital, então você pode colocar anotações, separar trechos e marcar páginas sem se preocupar com o estado do livro;
  • Não são apenas livros que você pode ler com o Kindle, diversos arquivos em formato PDF também podem ser lidos (apesar de não serem personalizáveis como o resto dos conteúdos), facilitando as vidas de muitos advogados;
  • É ecologicamente correto, não havendo necessidade de derrubar uma árvore e produzir lixo para poder ter um Kindle.

Ainda está na dúvida e não sabe se o Kindle é um bom investimento? De fato há algumas desvantagens envolvendo o produto, desvantagens que talvez façam muita diferença para o usuário.


Leia também:


Por que o Kindle não é um bom investimento?

  • A maior desvantagem do Kindle é sua coloração, caso a maioria dos livros que você lê possua materiais gráficos é melhor comprar os livros físicos. A iluminação do Kindle atrapalha a coloração de diversas imagens, afinal ele é feito apenas para leitura.
  • Há alguns modelos que não possuem iluminação própria na tela, nesse caso sendo muito mais parecido com um livro e tendo necessidade de uma luz externa caso você queira ler em um ambiente pouco iluminado;
  • Uma das vantagens de possuir livros é poder emprestá-los, o Kindle impossibilita essa prática, afinal os livros são licenciados, e, diferente de livros físicos, a compra de um livro digital não torna o produto sua propriedade;
  • Como ele é um dispositivo eletrônico, ele precisa ser carregado, então se for para um lugar onde o acesso a tomadas seja um pouco limitado o uso do Kindle pode ser problemático (mesmo sua bateria sendo tão duradoura);
  • É capaz desse ser o principal fator de muitos ainda resistirem e não comprarem um e-reader como o Kindle, não possui cheiro de livro novo.

Vendo tudo isso, é possível concluir que a aquisição de um Kindle é um bom investimento dependendo da sua realidade. Como muitos advogados precisam ler muitos documentos, o Kindle é uma ótima alternativa, trazendo organização e não há necessidade de carregar diversos papéis, o que se encaixa também para estudantes que precisam ler muitos livros. Porém se você faz coleções de livros ou é fã de algum escritor especifico, talvez o Kindle não seja muito atrativo, afinal é muito satisfatório possuir aquele livro do seu escritor favorito na sua estante.

Conseguiu descobrir se o Kindle é um bom investimento para você? Conta pra gente nos comentários o que você achou!

Design thinking para organização pessoal

José Eduardo Oliveira

José Eduardo Oliveira

Bacharel em Produção Multimídia pelo Senac-RS em formação. Integra atualmente o nosso time de Marketing e é um dos responsáveis pela comunicação com a nossa Rede de Advogados Correspondentes. Trabalha com projetos de desenvolvimento da nossa Rede de Correspondentes, buscando soluções, melhorias e conteúdos que impactem a vida dos Advogados de uma forma positiva. Busca mesclar dicas de produtividade com a rotina corrida dos correspondentes jurídicos, para, então, criar processos e melhorias no fluxo de comunicação da nossa rede de profissionais.

Um Comentário

Deixar um Comentário